segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Visitando outra equipe! Como me comportar? Sou Creonte?

Eu vejo o mundo do  Jiu Jitsu como uma enorme e antiga  árvore com raízes por todos os lados e pra essa árvore estar fortalecida as raízes precisam estar saudável e se alimentando, a árvore é o jiu Jitsu e as raízes as academias . O que estou querendo dizer com isso. Simplesmente quero dizer que se um aluno ou professor bate em alguém na rua ou em qualquer âmbito, no jornal sai que lutador de jiu-jítsu bateu em fulano, então porque até hoje existe essa divisão , porque até hoje ouvimos a palavra creonte com tanta intensidade. Pra mim isso nada mais é que orgulho , o orgulho é uma raiz podre aonde o egocentrismo toma superioridade . É tão bom ter amigos no tatame o melhor ainda é você ser recebido em outro tatame como amigo e parceiro de treino, independente de qualquer bandeira . Fico louco quando algumas pessoas se compara como um Samurai, o Samurai era um guerreiro, mas além de tudo era uma pessoa culta, educada, respeitava o próximo , amava arte, procurava a perfeição trabalhando em arranjos de flores chamado ikebana, gostavam de poesias. Hoje se você falar pra um lutador que gosta de flores ou poesia você vai ser zuado até a morte e ainda te chamam de gay. A minha análise pra isso é que simplesmente ainda falta o respeito com o próximo, com o mestre e com os parceiros de treino e por isso a palavra Creonte tem força em nosso meio. O samurai passava com precisão todos seus aprendizados para o mais jovem então quem sabe não precisamos de verdade ser mais parecidos com esses verdadeiros samurais. 

Como me comportar em outra academia? 

Quando convidado procure saber sobre a academia, infelizmente até hoje tem academias que machucam pessoas de determinadas equipes por brigas que os antigos pitboys travavam nas ruas
a anos atraz  e muitos deles formaram equipes renomadas com grandes atletas.
Primeiro avise seu mestre que você foi convidado por um amigo pra fazer o treino pois nenhum mestre gosta de ver a foto dos seus alunos no facebook em outra equipe sem ao menos ser informado.
Ao chegar comprimente  o mestre fale de quem você é aluno e independente da sua faixa não chame ninguém pra rolar a não ser que o mestre de autorização pra você fazer isso. Role consciente e não se preocupe em provar nada pra ninguém , relaxe e sinta como se fosse um treino normal mas sempre dando o seu melhor .

Sou Creonte por isso?

Alguns pessoas que não evoluíram não concorda com essa troca de aprendizado . Mas o que você acha ?
Se você respeita seu mestre sua equipe não creio que você está sendo Creonte e sim abrindo seus horizontes.

Espero que tenham gostado, por favor compartilhem e curta a página do blog no facebook .

Frase da vez por Paulo Miyao
"Posso até parecer insensível , sinto dor sim, mas não fico me lamuriando pelos cantos e nem me fazendo de vítima . Luto para conviver com ela e de vez enquanto a disprezo .  "
Oss 

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Oss Brunão.
      Sempre bom saber que você ta curtindo meu amigo.

      Excluir
  2. Respostas
    1. Nossa, Sensei Sadao que honra o senhor gostando do meu post, creio que estou no caminho certo.
      Oss

      Excluir